Buscar

Como treinar os colaboradores?

Você sabe qual a importância de treinar os colaboradores e como fazer isso? Nesse post, vamos dar dicas para você aprender. Confira!



Todo gestor espera dos seus colaboradores empenho, dedicação, eficiência e assertividade na execução de uma tarefa.


No entanto, é muito comum ver empresas que não tem interesse em treinar os colaboradores e capacitá-los para que consigam suprir as expectativas criadas por seus superiores.


Por que treinar os colaboradores?


Treinar os colaboradores é essencial para que os objetivos de qualquer organização sejam alcançados.


Profissionais sem preparação não rendem tudo que podem e, consequentemente, trazem baixos resultados para a empresa.


Dependendo dos objetivos tratados durante essa preparação, treinar os colaboradores tem o potencial de levar o funcionário a compreender a filosofia, valores, missão e visão da corporação.


Além disso, profissionais capacitados produzirão melhor e em maior quantidade, devido a sua baixa porcentagem de falhas.


Com isso, os processos se tornam mais ágeis, diminuindo o tempo necessário e, consequentemente, os custos de produção.


Em falar em custos, treinar os colaboradores ajudará na diminuição de gastos desnecessários, melhor utilização dos recursos e até otimização das verbas disponibilizadas.


Outro excelente benefício adquirido ao realizar esse treinamento é a diminuição da rotatividade de colaboradores.



Ou seja, um colaborador que domina suas funções e conhece muito bem a empresa que trabalha, dificilmente queira deixar a corporação.


Esse tipo de relacionamento criado entre a empresa e o funcionário faz com que a rotatividade diminua e os custos para contratações reduzam também.


Gerar um ambiente de trabalho mais agradável e tornar os colaboradores mais sociáveis também é uma das vantagens dessa capacitação.


Treinar os colaboradores faz com que a relação entre eles aumentem, trocando informações profissionais em situações menos formais.


Além da melhora no entrosamento entre eles, faz com que fortaleça o trabalho em equipe.


E por fim, treinar os colaboradores, torna a empresa ainda mais competitiva no mercado.


O crescimento e desenvolvimento de uma empresa depende diretamente da qualidade e disposição de seus colaboradores.


Por isso, é fundamental investir no treinamento e capacitação dos mesmo, para que sejam capazes de atender da melhor forma o seu público-alvo, fazendo com que a empresa esteja a frente de seus funcionários.



Como treinar os colaboradores?


Qual o objetivo do treinamento?


O primeiro passo é analisar e entender qual foi o motivo que te levou a ter a iniciativa de treinar os colaboradores. São exemplos disso:


  • Melhorar o ambiente de trabalho;

  • Aumentar a produtividade de um determinado setor;

  • Apresentar um novo equipamento ou método de trabalho;

  • Ação de reciclagem para equipes;

  • Aumentar a qualificação em geral.


Identifique as necessidades dos colaboradores


A próxima etapa para treinar os colaboradores é a identificação das necessidades existentes.


Conheça suas habilidades e dificuldades, assim você poderá indicar o melhor treinamento para aquele determinado problema.


Estabeleça um cronograma de treinamentos


Treinamentos não devem ser realizados apenas quando há um problema a ser resolvido.


É preciso ser um processo constante, aderente e frequentemente revistos pela organização.


Por isso, é importante desenvolver um cronograma de treinamentos com base no período anterior, verificando os momentos de baixa e de alta na produtividade e crescimento dos colaboradores.


Trace estratégias de integração


Os treinamentos de integração tem ganhado força com o objetivo de trabalhar um aspecto da colaboração em torno de um objetivo em comum.


É fundamental que o responsável pelo atendimento seja atencioso e haja como um líder, transmitindo de forma clara os conhecimentos corporativos.


Para a integração de um novo colaborador é preciso que o treinador esteja com o conteúdo completo para que ele se sinta ambientado.


Para ser considerado um bom treinamento, é importante conter alguns aspectos listados abaixo:


  • Apresentação da história e filosofia da empresa;

  • Aulas teóricas sobre o cargo e a função a ser desempenhada;

  • Aulas práticas para aperfeiçoamento de habilidades.


FONTE: https://bit.ly/2Co5EWI



Use novas tecnologias

O uso de novas tecnologias auxiliam a comunicação interna, facilitando o treinamento de colaboradores.


Videoconferências e mensagens de texto auxiliam na agilidade e promovem uma comunicação instantânea na troca de dados e informações.


Novas tecnologias fazem com que o gerenciamento das equipes ocorra de forma mais intensa, ajudando na tomada de decisão e resolução de problemas.


Além disso, podem mudar o engajamento do colaborador com a equipe, proporcionando, por exemplo, a prática home office.


Adote programas de desenvolvimento de pessoas


Muitas empresas apostam em programas de desenvolvimento de pessoas afim de incentivar e treinar os colaboradores de forma individual.


Essa é uma ótima maneira de criar um vínculo entre a empresa e o funcionário, ajudando no acompanhamento do seu progresso.


Com isso, ambas as partes saem ganhando. O colaborador tem a oportunidade de desenvolver o seu talento com o apoio da empresa. Já a organização ganha mais produtividade por contar com um time mais motivado.


Acompanhe os resultados


Uma das partes mais importantes de qualquer programa de treinamento e desenvolvimento é poder avaliar os resultados atingidos.


Para isso existem alguns indicadores importantes de serem acompanhados:


  • Avaliação de reação: é onde os participantes respondem a um questionário, físico ou eletrônico, registrando o seu feedback sobre o curso;

  • Aprendizado ou avaliação de eficácia: pode se revelar através do aumento de conhecimento ou habilidades. Para essa avaliação é fundamental que o objetivo do treinamento esteja bem definido;

  • Comportamento: esse indicador pode ser observado através de mudanças de conduta e atitudes após a participação no treinamento;

  • Resultados obtidos: esse é o indicador mais difícil de se avaliar, pois pode refletir em aumento de produtividade, incremento de novas ideias em produtos ou processos, melhorias na qualidade, redução de custos ou acidentes, ou mesmo o aumento de vendas.


FONTE: https://bit.ly/2TeqhtX



A importância do C.H.A. nos treinamentos


Para que as metas de treinamentos sejam atingidas, é preciso que as atividades estejam de acordo com a realidade da empresa.


De nada adianta trazer uma ideia de fora, sem que ela esteja adaptada as necessidades da empresa.


O C.H.A. é uma das ferramentas de avaliação de competência mais utilizadas por uma corporação para treinar os colaboradores.


Conhecimento – É o saber adquirido, ou seja, para um indivíduo é a compreensão de conceitos e técnicas que são necessários para atingir um determinado objetivo.


Habilidade – É o saber fazer ou poder fazer algo, ou seja, para um indivíduo representa a sua aptidão em uma atividade prática para o desempenho de sua missão.


Atitude – É o ser ou querer fazer, ou seja, para um indivíduo é a decisão consciente e emocional de seu modo de agir.


Percebeu a importância de treinar os colaboradores e como isso pode trazer grandes resultados para a sua empresa?



No blog da Promopress Gráfica tem outras dicas super interessantes sobre o mundo empresarial. Acesse www.promopress.com.br e confira.

14 visualizações
FALE CONOSCO
Gráfica Promopress
Av. Guilherme Cotching, 610
Vila Maria - São Paulo – SP - CEP: 02113-010
Reclamações, Sugestões ou Dúvidas, favor entrar em contato com nosso SAC pelo e-mail: sac@promopress.com.br
Ligue agora: 11 3126-3126
  • Facebook
  • Instagram
  • Ícone cinza LinkedIn
  • Cinza ícone do YouTube
Logo-Promopress.png