Buscar

Experiência no PDV – Marketing sensorial


Você já ouviu falar emmarketing sensorial? Essa é uma das mais recentes apostas das empresas ao redor do mundo, principalmente no mercado varejista. Confira!


O marketing sensorial, trabalha todos os sentidos do consumidor em prol das vendas.

Principalmente no ponto de venda, onde o cliente pode tocar, sentir o cheiro, ouvir os sons e experimentar os sabores, é importante valorizar ao máximo essas experiências.


A ideia é proporcionar um momento prazeroso e causar um sentido capaz de influenciar positivamente os desejos de compra.


Mas afinal, o que é ponto de venda?

Ponto de venda ou pdv, pode ser definido como “o local ou meio no qual a marca entra em contato com o shopper ou seu consumidor”.


Para a indústria, pdv pode ser o distribuidor, a loja e até mesmo os displays e equipamentos instalados nos pontos de vendas.


Já para os varejistas, é o ponto de distribuição ou loja, ou seja, o local que o cliente realiza a compra, o famoso “chão de loja”.


Como escolher o local certo?

Para escolher a localização certa para instalar o seu ponto de venda é preciso estar atento a alguns fatores. São eles:


Facilidades de acesso – A região é segura? Tem opções de transporte? O estabelecimento é acessível para qualquer pessoa, inclusive deficientes físicos?


Visibilidade – Sua fachada se destaca em meio as outras? Tem boa iluminação? Há movimentação frequente no local?


Perfil demográfico da região – Seu ponto de venda está geograficamente próximo do seu público-alvo? Quais os interesses, renda e comportamento de compra de quem passa por ali?


Distribuição geográfica dos seus concorrentes –  Analise o que está a sua volta. Você pode fugir tanto de ter competidores mais fortes em sua frente, quanto se inserir em regiões já conhecidas por ter estabelecimentos do mesmo segmento que o seu.


Por isso, listamos estratégias que podem ser utilizadas quando forem relacionadas a cada sentido. São elas:


Marketing sensorial – 5 sentidos


Visão

Utilizar elementos visuais na cenografia que façam com que o consumidor se identifique muito bem com o consumidor, é um recurso que se comunica bem para atrair visitantes para seu ponto de venda.


Quanto a visão, é a peça chave para que o consumidor internalize os atributos e valores transmitidos pela marca por meio do seu visual merchandising.


No marketing setorial, a visão também está relacionada com a forma que o produto está exposto dentro do seu ponto de venda, desde a gôndola, até a cabine em que a roupa é colocada.


Para estimular uma experiência visual agradável, vale apostar em uma iluminação equilibrada, mobília harmoniosa, organização, cenários e decorações especiais.


Além disso, o designer diferenciado das embalagens faz toda a diferença no momento de compra, fazendo com que aquele produto seja desejado pelos consumidores.


Olfato

Explorar esse sentido, é eficaz porque odores costumam provocar reações imediatas, mesmo que de forma inconsciente.


Isso porque os cheiros captados pelos receptores olfativos vão direto para o sistema nervoso central.


Os aromas podem ser utilizados para criar um clima agradável no seu ambiente, que despertem emoções positivas e bom humor nos seus clientes.


O aroma deve ser escolhido através de análises do  perfil da marca, público-alvo e seus desejos e necessidades, como em toda campanha de marketing.


Uma loja de roupas para surfistas, por exemplo, pode apostar em uma essência praiana para fazer com que seu cliente se sinta no mar, mesmo estando em um shopping.


Audição

Pela audição também é possível destacar o seu PDV. Trilhas sonoras apropriadas ao contexto da marca também embalam o momento de compra do consumidor.


Isso faz com que o consumidor fique agitado ou mais calmo, dependendo do objetivo da empresa com a ação realizada.


A música ambiente também precisa se adequar ao público-alvo e estar em um volume ideal.

Há ainda possibilidades de ruídos ou sons que remetem ao produto que está a venda, ou ambiente em que ele se insere.


Seguindo ainda o exemplo a loja de surf, pode-se ter suaves sons da água do mar e das ondas.


Paladar

Experimentar comidas e bebidas gostosas não só estimulam o bom humor no cliente como deixa-o mais receptível aos outros estímulos sensoriais.


Sabores bons ou ruins ficam na memória. Esse sentido também pode ser aguçado, mesmo nos casos em que não se deseja vender algum alimento. O que vale é tornar o contato com a marca prazeroso.


No ramo alimentício, a regra de ouro é prezar pela qualidade dos produtos. Ter um tempero, uma receita ou um ingrediente especial faz toda a diferença.


Busque criar no cliente aquela sensação de que, para sentir determinado sabor, ele precisa ir até a sua marca.


Tato

O consumidor adora ver os produtos com a mão. Dependendo do seguimento, é importante deixar o produto acessível ao cliente para que possam interagir, tocar, sentir a textura e o peso daquele determinado produto.


Afinal, quem não se sente mais seguro ao tocar no item no qual, em breve, pretende investir?


Dessa forma, é possível tornar o produto mais concreto e palpável. Assim, o consumidor sentirá mais confiança ao adquirir aquele produto.


O que é preciso para melhorar a experiência do consumidor no meu ponto de venda?


Sabe aquela loja encantadora, inovadora e que dá vontade de entrar quando você passa na frente? Pois é, a empresa que proporciona isso para os clientes, está querendo surpreender.


Para que você entenda melhor, listamos algumas dicas de como tornar o seu ponto de venda um local atrativo e agradável de estar.


Cuide do ambiente físico

Todos nós sabemos que entrar em um estabelecimento e ele ser muito quente e abafado não é nada legal, não é mesmo?


Por isso, instale climatizador, como ar condicionado para deixar os clientes confortáveis. É muito importante estar atento à sensação térmica, pois um clima ruim espanta os clientes.


Além disso, verifique o som da sua loja, principalmente o volume. Um som muito alto, dificulta a conversa entre o cliente e o vendedor, o que pode gerar mal entendimentos.



Tenha uma fachada atraente

Ter a parte externa do seu estabelecimento organizada, harmoniosa e bonita é, literalmente, a porta de entrada para chamar a atenção do seu público-alvo.


Evite exageros, não coloque muitos adesivos e banners nas vitrines, por exemplo. Aposte em cores neutras e que combinam entre si.


O ideal é que sua fachada seja suave e agradável aos olhos do consumidor.


Ofereça um bom atendimento

As pessoas gostam de sentir que tem alguém atento à sua presença, porém, preferem se sentir à vontade e serem importunadas a todo momento.


Por isso, treine e motive sua equipe com frequência, reforce as práticas de empatia, cordialidade e garanta que todos os colaboradores estejam preparados para saber ouvir os consumidores.


Tenha uma identidade visual

A identidade visual é formada pelo conjunto de símbolos que possibilitam a caracterização da marca por meio de elementos que fazem referência as propostas do seu negócio.

Dessa forma, vale lembrar que dar a devida importância à identidade visual, além da limpeza e organização da loja é primordial para produzir um ambiente que o cliente tenha vontade de estar.


Invista em tecnologia

Além de melhorar a experiência do cliente, a tecnologia também é capaz de melhorar a sua comunicação com o seu público.


Isso é realmente essencial para seu negócio se tornar mais presente no dia-a-dia dos consumidores. Uma opção, é o uso de aplicativos para a interação mais dinâmica entre empresas e clientes.


Com isso, os consumidores terão um contato direto com a sua empresa, possibilitando o acompanhamento de lançamentos, promoções e poderão se comunicar com o atendente quando necessitarem.


De fato, o intuito é que os clientes estejam dentro da sua loja, mas ter uma plataforma que torne a comunicação mais eficaz fará com que eles sempre frequentem o seu ponto de venda.


Invista em embalagens diferenciadas

Quase 50% do nosso cérebro envolve-se em nossas atividades de processamento visual e 70% dos nossos receptores sensoriais estão em nossos olhos.

Por isso, é de extrema importância investir em atrativos que despertem visualmente o interesse dos seus clientes em adquirir aquele determinado produto.


Um ótima opção é investir em embalagens diferenciadas. Elas são ferramentas poderosas na momento de atrair o cliente.


Sua principal função é proteger e transportar produtos, no entanto, atualmente ela tem uma função estratégica e se tornou uma ferramenta de vendas valiosa.

Perceberam como explorar os sentidos do marketing sensorial é muito importante para se destacar no ponto de venda? Veja outras dicas incríveis no blog da Promopresswww.promopress.com.br.

1 visualização
FALE CONOSCO
Gráfica Promopress
Av. Guilherme Cotching, 610
Vila Maria - São Paulo – SP - CEP: 02113-010
Reclamações, Sugestões ou Dúvidas, favor entrar em contato com nosso SAC pelo e-mail: sac@promopress.com.br
Ligue agora: 11 3126-3126
  • Facebook
  • Instagram
  • Ícone cinza LinkedIn
  • Cinza ícone do YouTube
Logo-Promopress.png