Buscar

Público-alvo e persona: Qual a diferença?

Entenda a diferença entre público-alvo e persona e como esses dois conceitos podem ser usados em sua estratégia para ajudá-lo no relacionamento com a audiência de forma mais acertada.  Há quem pergunte se são a mesma coisa. E a resposta é: Não. Persona e público-alvo não são sinônimos. Quer saber por quê? Continue lendo esse post!

Público-alvo e persona: O que é?


Púbico-alvo


Quando a palavra público-alvo é mencionada, fala-se de um termo mais amplo, de um grupo que, possivelmente, seja cliente da sua empresa, mas nem todos são, de fato, seus clientes reais.

O público-alvo é a definição econômica, social e demográfica de quem vai consumir o seu produto. Ele costuma ser o primeiro passo para começar uma campanha de marketing.

Geralmente, o público-alvo trás informações como:


  • Estado civil;

  • Escolaridade;

  • Gênero;

  • Idade;

  • Hábitos de compra;

  • Profissão;

  • Região que reside.

Para que você entenda melhor, vamos dar um exemplo de qual seria o público-alvo de uma loja de roupas femininas:


Mulheres de 25 a 45 anos, residentes na cidade de São Paulo, classe econômica B e C, com renda entre R$ 1500,00 e R$ 2000,00 por mês, que procuram roupas de qualidade. 


A definição do público-alvo serve para que você identifique um nicho de mercado e desenvolva produtos e serviços adequados para esse nicho, afim de aumentar as vendas.

Ele representa a preparação que você precisa para ingressar em determinado mercado.

Quando preciso conhecer meu público-alvo?

Principalmente nas fases em que é preciso criar produtos e estudar o mercado, o público-alvo pode ser uma boa ferramenta inicial. Ela exige menos pesquisa do que as opções mais completas, além de dar um panorama do cliente ideal.


Esse conceito também pode ser muito útil na hora de fazer a precificação e começar a definir quais campanhas e canais de comunicação podem ser mais efetivos na hora da divulgação.


Aqui é importante reforçar que a definição dos canais de comunicação vai depender prioritariamente de duas avaliações básicas: em quais redes sociais o seu cliente está e com quais você tem mais afinidade para trabalhar.


Lembre-se: produzir conteúdo é trabalhoso e demanda disciplina e organização, por isso é mais fácil fazê-lo onde você tem mais afinidade.



O que é Persona?


Persona ou buyer persona é um perfil semifictício do cliente ideal de uma empresa.

O objetivo é que sua empresa compreenda melhor quem é o cliente e do que ele precisa, possibilitando estratégias de marketing mais acertadas.


A definição de persona é mais específica que a de público-alvo. A persona entra em detalhes de comportamento, características pessoais e profissionais, desejos, objetivos e necessidades.


Ela é a personificação do seu cliente ideal, obtida através de pesquisas com o público-alvo.

O termo persona já existe há algum tempo no mundo do marketing, mas foi com o inbound marketing que ganhou força nos últimos anos.


Definir a persona de uma empresa com precisão é a chave para o sucesso de qualquer estratégia. Então, deixe de lados os achismos e as construa com bases e dados reais e sólidos.


Uma empresa poderá ter diversas personas. Contudo, não é recomendável a utilização de mais de cinco.



Para cada persona, a empresa deverá realizar um trabalho de comunicação completo, o que pode se tornar muito caro e pouco eficiente.


Além do que já é abordado pelo público-alvo, na persona você encontra:


  • um nome fictício, para facilitar a conexão;

  • uma breve história sobre o dia a dia da persona;

  • profissão;

  • hábitos de compra;

  • estilo de vida;

  • redes sociais favoritas;

  • hobbies;

  • valores;

  • dores relacionadas ao seu produto;

  • dúvidas;

  • ambições.



Aplicando a persona na prática

Como você deve ter percebido, o conceito de público-alvo é mais abrangente, sendo que o de persona é mais específico.


Ou seja, a persona é que irá guiar os esforços mais direcionados de marketing da sua empresa, visando atrair e converter os clientes certos.


Um dos pilares da sua estratégia de marketing digital que irá depender diretamente de uma boa definição de persona é a produção de conteúdo.


E conteúdo envolve não só o desenvolvimento de artigos para responder perguntas dos seus potenciais clientes, mas também textos e materiais relacionados a promoções, ofertas e detalhes sobre o seu produto.


Ou seja, o seu conteúdo irá variar de acordo com a jornada de compra do seu potencial cliente. Se ele está mais no início da jornada, ele irá buscar textos, vídeos e imagens sobre o problema.


Por outro lado, em um momento mais fundo de funil, mais para o final da jornada, o interesse serão informações sobre o produto e sobre as condições de compra.


Toda essa produção de conteúdo depende de uma boa definição de persona. Se você definir de forma incorreta, o que vai acontecer é que sua empresa irá atrair a pessoa errada e, ou não irá conseguir vender, ou irá gerar uma venda ruim, que no fim das contas trará prejuízo à empresa.


Público-alvo e persona: Qual utilizar?


A definição de público-alvo é fundamental para qualquer negócio, até porque a persona se faz com uma pesquisa no seu público-alvo, ou seja, você terá que defini-lo primeiro.


O público-alvo ajuda bastante se o seu negócio tem grupos de interessados com diferentes perfis.


Se você vai oferecer uma solução para um grande público, sem limitação regional ou de características, seria praticamente impossível encontrar um padrão e, com isso, criar somente uma persona.


Nesse caso, poderiam ser criados mais de um personagem, mas não é muito interessante trabalhar com várias personas simultaneamente.


O ideal é que esse número não passe de três. Por isso, se o seu público for muito grande, trabalhar com personas pode se tornar bem complexo.


Porém, se o seu negócio tem o objetivo de propor soluções para um grupo menor, com definições claras, vale mais a pena trabalhar com persona.


Isso porque ela carrega informações mais específicas que ajudam a melhorar a eficiência do plano de ação.


Então, para definir qual é o melhor modelo para se trabalhar, entre o público-alvo e persona, é necessário avaliar o objetivo e alcance do seu negócio.


Tenha clareza que ambos os conceitos trazem benefícios para as ações, tornando-as mais eficientes, atraindo mais clientes e aumentando o retorno e reduzindo o custo necessário.



Agora que você já sabe a diferença entre público-alvo e persona, acesse nosso site, www.promopress.com.br.


No blog da Promopress tem outras dicas e novidades incríveis sobre o mundo do marketing!

1 visualização
FALE CONOSCO
Gráfica Promopress
Av. Guilherme Cotching, 610
Vila Maria - São Paulo – SP - CEP: 02113-010
Reclamações, Sugestões ou Dúvidas, favor entrar em contato com nosso SAC pelo e-mail: sac@promopress.com.br
Ligue agora: 11 3126-3126
  • Facebook
  • Instagram
  • Ícone cinza LinkedIn
  • Cinza ícone do YouTube
Logo-Promopress.png